As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
PJ desmantela unidade transformação de cocaína, três detidos
- 21-Apr-2005 - 17:15


A Polícia Judiciária (PJ) de Cabo Verde desmantelou, na ilha de São Vicente, uma unidade de transformação de cocaína, tendo detido em flagrante três indivíduos e apreendido 390 gramas deste estupefaciente.


Na operação, que decorreu quarta-feira e foi hoje divulgada em comunicado pela PJ, foram ainda apreendidos diversos objectos que a polícia presume terem "origem criminosa".

Os detidos, com idades entre os 24 e os 34 anos, pretendiam, ainda segundo a nota da PJ, destinar as 390 gramas de cocaína à transformação em "crack", substância sintetizada a partir da cocaína e que é considerada das drogas que "mais facilmente criam dependência".

No comunicado distribuído, a PJ refere que o grupo, preso no bairro de Monte Sossego, "dedicava-se à transformação de cocaína em "crackÈ", que depois vendia "directamente aos consumidores, muitos dos quais menores", ao preço de 500 escudos cabo-verdianos (4,53 euros) a dose.

A nota acrescenta que a quantidade de cocaína apreendida era "suficiente para a confecção de 20 mil pedras de "crackÈ" que, de acordo com os preços do "mercado" deviam render 10 mil contos (cerca de 91 mil euros) aos traficantes.

Ainda segundo o comunicado, o "chefe do grupo", um indivíduo de 34 anos, já havia sido preso "por tráfico de estupefacientes", pela própria PJ, em Maio de 2003, tendo sido "julgado e absolvido" por insuficiência de provas.

Os três detidos, todos de nacionalidade cabo-verdiana, encontram-se à guarda da Polícia Judiciária na ilha de São Vicente, devendo ser apresentados "o mais rapidamente possível" ao juiz da comarca para legalização da prisão.

A PJ cabo-verdiana e a sua homóloga portuguesa e as autoridades de fronteira de Cabo Verde e do aeroporto da Portela, em Lisboa, já apreenderam, nos últimos meses, uma quantidade superior a 400 quilos de cocaína, no próprio arquipélago ou com origem neste.

O tráfico de droga é igualmente apontado pelo governo de Cabo Verde e pelas autoridades policiais como a razão de maior peso a montante da vaga de criminalidade que flagela o país há vários meses, com dezenas de homicídios pelo meio.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem