As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cabo Verde
Banco Mundial condiciona 7,7 milhões euros a estabilidade política
- 28-Apr-2005 - 18:28


O Banco Mundial (BM) poderá conceder 10 milhões de dólares (7,7 milhões de euros) até Julho para apoiar o Orçamento de Estado da Guiné-Bissau, mas só o fará se houver paz e estabilidade no país, disse hoje à Lusa um responsável da instituição.


O anúncio foi feito em Bissau pelo director-adjunto da Região África do BM e coordenador da ajuda orçamental para quatro países oeste-africanos (Cabo Verde, Guiné-Bissau, Gâmbia e Senegal), Iradj Alikhani, no final de uma reunião de trabalho com o primeiro-ministro guineense, Carlos Gomes Júnior, e com o ministro das Finanças, João Fadiah.

A concretizar-se o apoio financeiro, o montante a avançar pelo Banco Mundial vai juntar-se aos nove milhões de euros que a União Europeia (UE) disponibilizará em Agosto e também destinado a cobrir o défice orçamental, de 27 milhões de euros.

Em declarações à Lusa, João Fadiah indicou que, com as duas contribuições, que se juntam a outras, faltarão ainda cerca de sete milhões de euros para cobrir a totalidade do défice do Orçamento Geral do Estado (OGE) para 2005. A proposta foi elaborada em parceria com o BM e Fundo Monetário Internacional (FMI) e aprovada pelo Parlamento em Janeiro último.

O apoio do BM surge no quadro da mini-reunião de doadores realizada em Fevereiro último em Lisboa, em que Portugal contribuiu com um milhão de euros e a França com 500 mil.

"Estamos a tratar do programa para atribuir um crédito de 10 milhões de dólares, cujo projecto será submetido a 23 de Junho próximo ao Conselho de Administração do Banco", assinalou Iradj Alikhani, lembrando que a verba só virá depois de concluídas as eleições presidenciais de 19 do mesmo mês e se o país se mantiver "estável".

Fadiah, por seu lado, relevou o facto de o Banco Mundial ter agido de forma "contrária ao habitual", pois costuma ser dos últimos a negociar créditos desta natureza.

"O Banco Mundial decidiu tomar a dianteira de avançar rapidamente para apoiar a Guiné-Bissau. Já cá estiveram este ano o vice-presidente do Banco Mundial e o director-geral para África, que viram a boa governação que estamos a fazer", frisou.

"A ajuda do Banco Mundial surge ao contrário do habitual, pois espera primeiro que os principais parceiros avancem para só depois apoiar", disse ainda Fadiah, realçando a "confiança" que os parceiros internacionais depositam nas autoridades guineenses.

Além da possibilidade de disponibilizar nove milhões de euros em Agosto, a União Europeia desbloqueou quarta-feira outros 1,5 milhões de euros para apoiar o processo eleitoral guineense, montante que, no entanto, não entra directamente nas contas do Orçamento geral do Estado para 2005.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Web Design Portugal Algarve por NOVAimagem