As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 director: Norberto Hossi
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Cultura
 » Desporto
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cultura
Jorge Sampaio elogia «firme progresso» das relações luso-espanholas
- 17-Oct-2005 - 15:52


O Presidente da República, Jorge Sampaio, destacou hoje, em Mérida, Espanha, o "firme progresso" dos últimos anos nas relações bilaterais entre os dois países da Península Ibérica, em domínios como a cultura, política e economia.


"Vivemos (Portugal e Espanha) agora, 30 anos após o reencontro comum com a democracia, um excelente período de entendimento bilateral", disse Jorge Sampaio, atribuindo à "positiva evolução das ligações transfronteiriças" uma contribuição significativa para esse "firme progresso".

O Chefe de Estado português falava no Palácio de Congressos de Mérida, capital da Extremadura espanhola, na sessão de inauguração do encontro ibérico "Ágora - O Debate Peninsular", uma iniciativa anual destinada ao reforço das relações entre os dois países e que termina no domingo.

Segundo Jorge Sampaio, a evolução nas relações entre Portugal e Espanha abrange vários domínios, nomeadamente o político, em que existem hoje laços "constantes e diversificados", ao invés de meros "alinhamentos partidários conjunturais".

Já na área económica, à qual o Presidente da República dedicou especial atenção no seu discurso, assiste-se a "uma intensa actividade mútua", traduzida num "crescente fluxo de trocas e participações", que favorece "a consolidação de um mercado crescentemente peninsular".

Garantindo que o momento actual é "magnífico" para as relações económicas, Jorge Sampaio acrescentou que, a atestar essa situação, está a "vitalidade d as exportações" nacionais para Espanha, as quais "cresceram 56 por cento" nos últimos quatro anos.

Quanto a Espanha, disse, exporta para Portugal "mais do que vende a todos os países da América Latina ou ao conjunto dos novos dez Estados membros da União Europeia".

No quadro dos investimentos, continuou, regista-se hoje "um mais activo dinamismo do sector empresarial português em Espanha, finalmente desperto para as oportunidades oferecidas pela continuada integração do mercado ibérico".

Contudo, o Presidente da República lembrou que a desigual dimensão dos dois países e dos seus espaços económicos pode criar "sobrancerias ou temores", pelo que deve existir um "esforço continuado" para o reforço das vias de confiança mútua que "alarguem as perspectivas de parcerias empresariais".

"A inevitável assimetria decorrente da desigual grandeza dos dois Estados suscita, por vezes, situações de melindre, exacerbadas pela concentração de interesses espanhóis em áreas de grande visibilidade pública ou por um excessivo desequilíbrio de presenças empresariais", afirmou.

Uma dificuldade que, para Jorge Sampaio, requer dos empresários portugu eses, um "duplo e diferente esforço", assegurando, por um lado, que o mercado ibérico seja "um efectivo espaço de confiança e equidade" e, por outro, que o sector saiba "enfrentar o desafio de uma concorrência a vários títulos difícil".

Quanto à cultura, o Presidente salientou o "notório incremento" verificado nessa área, nomeadamente quanto à aprendizagem mútua dos idiomas dos dois países, ainda que, disse, sejam necessários "programas de intercâmbio e cooperação mais produtivos".

"Não obstante o notável e diversificado progresso do relacionamento bilateral, continuamos a conhecer-nos mal, a partilhar desatenções sobre as nossas tão diversas realidades. Importa, pois, fazer mais e melhor" alertou também Sampaio.

O tema do relacionamento entre a Extremadura espanhola e Portugal já tinha antes sido destacada pelo presidente do Governo regional, Juan Carlos Rodriguez Ibarra, que agradeceu a Jorge Sampaio o "papel imprescindível" que desempenh ou nessa aproximação.

O "Ágora - O Debate Peninsular" é um fórum anual promovido pela Junta da Extremadura, destinado ao reforço das relações económicas, sociais, culturais e políticas entre Portugal e Espanha, através da realização de debates e eventos culturais dedicados a temas de interesse comum.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Criação e Alojamento de Sites Algarve por NOVAimagem