Anuncie no Noticias Lusofonas
           As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Cultura
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  CPLP
Votação respeitou critérios internacionais, dizem observadores
- 31-Jul-2006 - 23:40


Os observadores internacionais que acompanharam as eleições de domingo em São Tomé e Príncipe consideraram que estas presidenciais respeitaram as normas e os critérios internacionais, disse o porta-voz do grupo.


Num comunicado lido à imprensa, Leonardo Simão, ex-ministro dos Negócios Estrangeiros de Moçambique, felicitou o povo são-tomense pela forma "ordeira, pacífica e responsável" com participou neste processo eleitoral, que visa a consolidação de uma "sociedade democrática" no arquipélago.

Além de considerar que as eleições de domingo respeitaram "as normas e os critérios internacionais exigíveis", Leonardo Simão disse que a votação decorreu "em condições de livre expressão do voto universal".

O porta-voz do grupo de 62 observadores acrescentou ainda que todos manifestaram disponibilidade para acompanhar o processo eleitoral até a proclamação dos resultados finais.

Congratulando-se com "o nível de organização" do processo eleitoral, a equipa de observadores felicitou os candidatos pela "postura democrática" ao aceitarem os resultados e exortaram as autoridades a continuarem o trabalho visando a consolidação de um clima de estabilidade política "duradoura" no arquipélago.

Não obstante alguns "constrangimentos", os observadores constataram, por outro lado, que a campanha eleitoral, no geral decorreu com civismo, equidade, e espírito de convivência democrática - acrescentou Leonardo Simão.

Além da missão dos Estados membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), integram ainda a equipa dos observadores, representantes da Comunidade Económica dos Estados da África Central, CEEA, a União Europeia (UE), Nações Unidas, África do Sul, Estados Unidos, França, Guiné Equatorial, Gabão, Nigéria, Taiwan e Zâmbia.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Criação de Sites e SEO Algarve por NOVAimagem