As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 director: Norberto Hossi
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Cultura
 » Desporto
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cultura
Sócrates inaugura centro virtual de distribuição produtos portugueses
- 2-Aug-2006 - 18:02


O primeiro-ministro, José Sócrates, inaugura dia 09 de Agosto, em São Paulo, um centro virtual de distribuição de produtos portugueses no Brasil, no início de uma visita de quatro dias em que os temas económicos vão dominar.


Por Carla Mendes
da Agência Lusa

A visita oficial ao Brasil, a primeira de José Sócrates como chefe de governo português, inicia-se terça-feira em Brasília, onde, no dia seguinte, se reúne com o presidente brasileiro, Lula da Silva, e incluirá também São Paulo e Rio de Janeiro.

A chefe do Departamento Europa do Itamaraty (Ministério dos Negócios Estrangeiros brasileiro), Maria Edileusa Fontenele Reis, disse à Agência Lusa que a instalação da plataforma electrónica de produtos portugueses no Brasil faz parte da estratégia para aumentar as trocas comerciais entre os dois países.

O centro virtual, a ser inaugurado por José Sócrates em São Paulo, no segundo dia da visita, terá o apoio da Cisa Trading, a maior companhia brasileira de importação e exportação.

A diplomata disse ainda que este é mais um passo na estratégia de aumento das trocas comerciais após a inauguração, a 20 de Junho, do Centro de Distribuição de Produtos Brasileiros da Agência de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex), em Vialonga (Lisboa).

Com uma área de dois mil metros quadrados, o centro de distribuição brasileiro é uma infra-estrutura de armazenagem e logística empresarial que arrancou com 80 empresas registadas de um total de 165, tendo em vista os mercados português, espanhol e africano.

O centro virtual de distribuição de produtos portugueses terá todas as informações sobre como exportar para o Brasil, os planos de custos e valor dos impostos.

A cooperação de Brasil e Portugal na área dos biocombustíveis (etanol e biodiesel), nomeadamente para os Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP), é outro "dossier" para esta visita.

"Já há uma experiência bem sucedida em Moçambique com a plantação de cana-de-açúcar para a produção de etanol, e os PALOP têm solo e clima apropriados que favorecem a possibilidade de uma cooperação triangular nesta área", assinalou a chefe do Departamento Europa do Itamaraty.

O presidente brasileiro, Lula da Silva, tem vindo a defender, desde o início deste ano, que a América Latina e a África têm no biocombustível - o "combustível verde" extraído de plantas oleaginosas - a solução para oferecer ao mundo desenvolvido uma alternativa menos poluente, geradora de empregos e, portanto, com mais distribuição de riqueza.

Segundo dados do governo brasileiro, a média mundial de uso de fontes limpas de energia é de 14 por cento do total das fontes energéticas, enquanto no Brasil, pioneiro na produção do biocombustível, 44 por cento da energia consumida é renovável.

Na sua visita, segundo fontes diplomáticas brasileiras, José Sócrates será acompanhado por uma comitiva de cerca de 80 pessoas, incluindo quatro ministros e o secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, António Braga.

Os ministros que integram a delegação são Luís Amado (Negócios Estrangeiros), Manuel Pinho (Economia e Inovação), Mário Lino (Obras Públicas, Transportes e Comunicações) e Isabel Pires de Lima (Cultura).

O chefe do Governo português será acompanhado por uma comitiva de empresários, que inclui representantes da Caixa Geral de Depósitos, Banco Português de Investimentos, EDP, Galp, Vila Galé, grupo Pestana e OGMA.

No dia 10, em São Paulo, está previsto um encontro na Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) do primeiro- ministro e da comitiva empresarial, em que também estarão presentes o ministro brasileiro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Luiz Fernando Furlan, e o ministro da Economia e da Inovação, Manuel Pinho.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Criação e Alojamento de Sites Algarve por NOVAimagem