Anuncie no Noticias Lusofonas e promova a sua empresa em todo o mundo de lingua portuguesa
           As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Entrevista
Madeleine: 100 dias
Rui Pedro: nove anos

- 11-Aug-2007 - 12:04


Será que Portugal dá aos estrangeiros o mesmo apoio que dá aos seus cidadãos? Ou somos os únicos a achar que a dor dos pais de Maddie não é maior do que a dos pais do Rui Pedro e de todas as outras crianças desaparecidas?

Madeleine McCann, menina inglesa de quatro anos, desapareceu faz hoje 100 dias de um apartamento turístico na Praia da Luz, Algarve, Portugal, onde dormia com os seus dois irmãos gémeos, enquanto os pais jantavam num restaurante próximo. E enquanto isso… o esquecimento envolve todos os outros, dos quais o Rui Pedro é um, apenas um, dos exemplos.


Três dias depois do desaparecimento da criança, registado a 3 de Maio, um responsável da Polícia Judiciária (PJ) de Faro anunciou que tinham sido reunidos elementos que "asseguram o rapto" e que na origem do crime poderia estar um resgate ou a prática sexual.

Nos últimos dias, contudo, a investigação policial levou uma reviravolta, dando lugar à possível morte de Madeleine, com o aparecimento de vestígios de sangue no quarto onde dormia quando desapareceu.

E enquanto isso… o esquecimento envolve todos os outros, dos quais o Rui Pedro é um, apenas um, dos exemplos.

A imprensa portuguesa e inglesa noticiou que tinham sido encontrados vestígios de sangue no quarto onde a menina dormia com os irmãos, um facto que pode indiciar que a criança foi morta naquele local.

Os pais de Madeleine McCann, Kate e Gerry, disseram sexta-feira, em entrevistas às estações televisivas nacionais, que continuam a acreditar que a filha está viva, até haver provas em contrário, e que o mais doloroso "foi a imprensa ter sugerido que a Madeleine estava morta e que eles [pais] estariam envolvidos".

E enquanto isso… o esquecimento envolve todos os outros, dos quais o Rui Pedro é um, apenas um, dos exemplos.

A Polícia portuguesa e inglesa nunca abandonou o "caso Madeleine McCann", mas na última semana o circo mediático na freguesia da Luz, em Lagos, voltou a instalar-se, porque a PJ e cães ingleses, treinados para detectar cadáveres, estiveram no apartamento de onde desapareceu a menina.

No passado fim-de-semana, entretanto, vários agentes policiais estiveram a fazer buscas na casa de Robert Murat, o único arguido no "caso Madeleine McCann".

E enquanto isso… o esquecimento envolve todos os outros, dos quais o Rui Pedro é um, apenas um, dos exemplos.

Cem dias passados, mais de cem pessoas inquiridas na Judiciária de Portimão e depois de várias conferências de imprensa da PJ e dos pais de Madeleine, Kate e Gerry McCann, o único arguido neste caso é um cidadão luso-britânico.

Robert Murat, empresário a residir na Praia da Luz e fluente na língua portuguesa, foi constituído arguido a 15 de Maio, mas não foi detido por falta de provas, ficando sujeito a termo de identidade e residência.

Os pais de Madeleine, Kate e Gerry, ambos médicos e católicos, nunca abandonaram a Praia da Luz, excepto para realizar acções em Fátima, no Vaticano, Madrid, Berlim, Amesterdão, Washington ou Huelva, com o objectivo de não deixar esquecer o desaparecimento da filha.

E enquanto isso… o esquecimento envolve todos os outros, dos quais o Rui Pedro é um, apenas um, dos exemplos.

O director nacional da Polícia Judiciária, Alípio Ribeiro, afirmou sexta-feira que o caso do desaparecimento da criança inglesa Madeleine McCann "está longe de ser esclarecido", apesar de terem surgido "novos elementos na investigação".

"Há novos elementos na investigação, mas ainda não sabemos onde estes nos irão conduzir", acrescentou o responsável nacional da PJ, considerando, por isso, que a Judiciária "está longe de esclarecer o caso" do desaparecimento da menina inglesa.

Celebra-se hoje uma missa na Igreja da Praia da Luz em homenagem a Madeleine, quando passam 100 dias sobre o seu desaparecimento.

E enquanto isso… o esquecimento envolve todos os outros, dos quais o Rui Pedro é um, apenas um, dos exemplos.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Construção de Sites Algarve por NOVAimagem