As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 director: Norberto Hossi
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Cultura
 » Desporto
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cultura
Governo precisa de financiamento para combater tráfico de droga
- 26-Sep-2007 - 16:42


O governo da Guiné-Bissau precisa de apoio financeiro para executar o plano de emergência de combate ao narcotráfico, disse hoje o coordenador da comissão inter-ministerial responsável pelo combate ao tráfico de droga, Nelson Moreira.


"Estamos à espera que a Assembleia Nacional aprove o plano de emergência para desbloquear fundos para a comissão começar a trabalhar", afirmou Nelson Moreira.

"O assunto é urgente e esperamos que o Parlamento faça uma sessão extraordinária", explicou Nelson Moreira, referindo-se ao facto da Assembleia Nacional da Guiné-Bissau estar encerrada para férias até ao final de Outubro.

Questionado sobre a possibilidade de arranjar fundos externos de apoio ao plano nacional, o responsável disse que poderão chegar ao nível da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO).

No início do mês de Setembro, os cordenadores das comissões nacionais de combate ao tráfico de droga dos estados-membros da CEDEAO estiveram reunidos no Burkina-Faso a elaborar um plano de intervenção para os países com maiores dificuldades.

"A Guiné-Bissau faz parte dos países com mais problemas tendo em conta as fragilidades existentes", afirmou Nelson Moreira, acrescentando que o governo guineense precisa de 400 mil dólares para passar à execução do plano.

"A nossa expectativa é conseguirmos o financiamento da CEDEAO", sublinhou.

O plano elaborado na reunião do Burkina Faso terá agora que ser aprovado na reunião do conselho de ministros responsáveis pela pasta do combate ao narcotráfico da CEDEAO.

O encontro está previsto realizar-se em Outubro, mas ainda não tem data marcada, referiu Nelson Moreira.

Após a aprovação do plano, é ainda preciso esperar pela cimeira de chefes de Estado e de governo da organização para se proceder ao desbloqueio dos fundos aprovados.

"O nosso plano ainda não foi posto em prática por falta de dinheiro e estamos à espera da cimeira da CEDEAO para obter fundos", sublinhou.

O responsável pela comissão inter-ministerial de combate ao narcotráfico na Guiné-Bissau disse também que confia mais no plano de combate ao tráfico de droga da CEDEAO, porque o "fundo deve ser mesmo desbloqueado", salientou, contudo, que o actual governo tem manifestado vontade em combater o problema.

O governo da Guiné-Bissau apresentou no início do mês de Agosto o plano de emergência nacional de combate ao tráfico de droga, que passa, nomeadamente, por campanhas de sensibilização, reforço dos meios operacionais e criação de infra-estruturas

Com a apresentação do plano foi criada também uma comissão inter-ministerial de combate ao tráfico de droga, presidida pelo primeiro-ministro guineense, Martinho N'Dafa Cabi, e composta pelos ministérios da Justiça, Administração Interna, Negócios Estrangeiros, Saúde, Educação, Finanças, Solidariedade Social e Cultura, Juventude e Desportos.

Segundo Nelson Moreira, um dos principais factores que condicionam o combate ao tráfico de droga no país é a inexistência de estabelecimentos prisionais, que está a ser aproveitado pelos traficantes de droga.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Criação e Alojamento de Sites Algarve por NOVAimagem