As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 director: Norberto Hossi
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Cultura
 » Desporto
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cultura
Lula recebe Ahmadinejad para reforçar cooperação económica
- 24-Apr-2009 - 21:45


O Presidente brasileiro Lula da Silva receberá no próximo dia 06 de Maio, em Brasília, o Presidente iraniano Mahmoud Ahmadinejad para tratar da cooperação económica entre os dois países, confirmou hoje à Lusa o Itamaraty.


Segundo a diplomacia brasileira, o encontro presidencial está confirmado, mas a agenda de Ahmadinejad, que deverá viajar acompanhado por uma grande delegação de vários sectores do governo e do empresariado, ainda não está fechada.

Deverão ser assinados acordos de cooperação económica, técnica e cultural.

A relação bilateral entre Brasil e Irão vem se intensificando nos últimos anos, com o incremento das trocas comerciais e a presença da Petrobras no país.

O comércio entre brasileiros e iranianos saltou de 300 milhões de dólares em 2000 para 1,1 mil milhões no ano passado, com saldo quase integral para o Brasil, de acordo com dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior.

A brasileira Petrobras está também a estudar a possibilidade de ampliar a sua actuação no Irão, iniciada em 2004, quando assinou um contrato para fazer pesquisas num bloco chamado Tusan, em águas territoriais iranianas no Golfo Pérsico.

A estatal é parceira da espanhola Repsol nesse projecto, cujo contrato previa investimentos de 35 milhões de dólares (27 milhões de euros).

No encontro com Ahmadinejad, o Presidente brasileiro, Lula da Silva, vai reforçar a sua preocupação, já manifesta em nota do Itamaraty, com o discurso proferido pelo Presidente iraniano durante a Conferência de Revisão de Durban sobre Racismo, no último dia 20, em Genebra.

Segundo o Governo brasileiro, o discurso de Ahmadinejad, em que acusou Israel de "Estado racista", "diminui a importância de acontecimentos trágicos e historicamente comprovados, como o Holocausto”.

Em contraparida, representantes dos Estados Unidos, Alemanha, Itália, Holanda, Israel, Canadá, Polónia, Austrália e Nova Zelândia abandonaram a reunião antes de o PR do Irão terminar suas declarações.

Não obstante, a intenção da nova administração norte-americana é de "engajar directamente o Irão numa série de questões", como já disse um porta-voz da secretária de Estado Hillary Clinton.

Fonte do Itamaraty admite que a distensão ensaida pelos Estados Unidos em relação ao Irão, após três décadas de estranhamento, facilita o fortalecimento das relações do Brasil com o país, que nunca foi considerado pelo Palácio do Planalto como integrante do "eixo do mal", como dizia o ex-Presidente norte-americano George W. Bush.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Criação e Alojamento de Sites Algarve por NOVAimagem