As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 director: Norberto Hossi
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Cultura
 » Desporto
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cultura
Viana do Castelo reforça aposta nas micro-empresas para dar a volta à crise
- 14-Sep-2009 - 17:00


Viana do Castelo vai apresentar candidaturas ao PRODER – Programa de Desenvolvimento Rural, que prevê um investimento de 17,9 milhões de euros para a criação de novas micro-empresas relacionadas com o reforço da economia rural.


O programa de dinamização das zonas rurais foi apresentado em sessão pública no Auditório do Museu de Arte e Arqueologia de Viana do Castelo, onde participou também o vereador com o Pelouro do Desenvolvimento das Freguesias, José Maria Costa.

O PRODER visa estimular o desenvolvimento de actividades não agrícolas criando novas fontes de rendimento e de emprego, contribuindo directamente para a manutenção/melhoria do rendimento do agregado familiar, assim como para a fixação da população, a ocupação do território e o reforço da economia rural; incentivar a criação e desenvolvimento de empresas nas zonas rurais tendo em vista a densificação do tecido económico e a criação de emprego, contribuindo para a revitalização económica e social destas zonas; o desenvolvimento do turismo e de outras actividades de lazer como forma de potenciar a valorização dos recursos endógenos dos territórios rurais, contribuindo para o crescimento económico e criação de emprego; e valorizar o património rural na óptica do interesse colectivo, enquanto factor de identidade e de atractividade do território.

As candidaturas ao PRODER em Viana do Castelo estão abertas até 20 de Outubro. Assim, empresários e interessados podem candidatar-se para apostar na diversificação da economia e na criação de emprego, a partir de três vertentes diferentes: a diversificação das actividades na exploração agrícola, destinada a unidades de alojamento turístico em espaço rural, serviços de recreação e lazer e unidades de transformação e comercialização de produtos agrícolas; a criação e desenvolvimento de micro-empresas destinado a actividades e comercialização de produtos endógenos; o desenvolvimento de actividades turísticas e de lazer como unidades de alojamentos hoteleiros como casas de campo, parques e campismo ou caravanismo e os serviços de recreação e lazer; e a conservação e valorização do património rural com a recuperação de edifícios no âmbito de planos de intervenção em aglomerados populacionais rurais, a refuncionalização, adaptação, recuperação e ampliação de edifícios para actividades associadas à preservação e valorização da cultura local; e estudos e outras operações que contribuam para a recuperação, valorização e promoção da cultura local.

A candidatura integra ainda serviços sociais básicos para a população rural, nomeadamente o serviço de apoio à infância, acompanhamento domiciliário a idosos e deficientes e serviços itinerantes de apoio social; serviços de animação cultural e recreativa de base local; e serviços de apoio a novos residentes.

No âmbito destes projectos, e segundo anunciou o Vereador José Maria Costa, o Município de Viana do Castelo vai avançar com Planos de Intervenção Integrados para as freguesias de montanha (Freixieiro de Soutelo, Amonde, Vilar de Murteda e Montaria) e ainda para as freguesias de Geraz do Lima (Santa Leocádia, Santa Maria e Moreira de Geraz do Lima).


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Criação e Alojamento de Sites Algarve por NOVAimagem