As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 director: Norberto Hossi
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Cultura
 » Desporto
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  Cultura
Vice-governador enaltece sacrifício dos mártires da repressão colonial
- 4-Jan-2010 - 14:11


O vice-governador da província do Bengo, Farel Van-Dúnem, enalteceu hoje, segunda-feira, no bairro Terra Nova, município do Dande, o sacrifício dos mártires da repressão colonial em prol da luta pela libertação do povo angolano e da Independência de Angola do jugo colonial português.


Segundo o governante, que discursava no acto provincial do Bengo das comemorações do Dia dos Mártires da Repressão Colonial, a data (4 de Janeiro) serve para lembrar a bravura e abnegação da população de Cassanje na luta contra as formas de dominação, opressão e exploração.

Farel Van-Dúnem sublinhou que, nesta data, os angolanos devem reflectir em torno da memória dos heróis tombados pela causa da independência e liberdade da pátria, reforçando o patriotismo, a cultura da paz, a tolerância, o respeito pelo próximo e pelo bem comum, assim como a unidade e a reconciliação nacional.

O Dia dos Mártires da Repressão Colonial é comemorado anualmente a 4 de Janeiro, em homenagem às populações da baixa de Cassanje, vítimas de bombardeamento aéreo do exército português.

Este ano, a data se comemora sob o lema “Em memória dos Mártires da Repressão Colonial desenvolvamos o país e reforcemos a democracia”.

A margem do acto, a vice-governadora do Bengo para a área social, Elvira Van-Dúnem, ofereceu medicamentos às autoridades sanitárias do bairro da Terra Nova.

A jornada comemorativa da efeméride na província do Bengo iniciou com a realização de uma exposição fotográfica sobre os benefícios da luta de libertação nacional, no dia 2 de Janeiro, no Centro Cultural Agostinho Neto, em Catete, município do Icolo e Bengo, província do Bengo.

O programa da efeméride, traçado pela Direcção Provincial da Cultura do Bengo, se prolonga até 10 de Janeiro, com a realização de espectáculos de dança, música e de teatro, bem como a proclamação do núcleo provincial de dança.

O assalto ao Carnaval, palestras e exibição de filmes angolanos constam dos atractivos do programa.

A 4 de Janeiro de 1961, cerca de 10 mil camponeses da ex-companhia de algodão de Angola (COTONAG) foram assassinados pelo exército colonial português, na Baixa de Cassanje, na província de Malanje, por exigirem melhores condições de trabalho, isenção de impostos e abolição de trabalho forçado.

Em reconhecimento da coragem daqueles e outros cidadãos das diferentes regiões do país assassinados pela maquina repressiva colonial, o Estado angolano adoptou o 4 de Janeiro como feriado nacional, “para homenagear os “Mártires da Repressão Colonial”.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Criação e Alojamento de Sites Algarve por NOVAimagem