Anuncie no Noticias Lusofonas
           As Notícias do Mundo Lusófono
 Notícias de Angola Notícias do Brasil Notícias de Cabo Verde Notícias da Guiné-Bissau Notícias de Moçambique Notícias de Portugal Notícias de São Tomé e Príncipe Notícias de Timor Leste
Ir para a página inicial de Noticias Lusofonas desde 1997 toda a lusofonia aqui
 Pesquisar
 
          em   
 Notícias

 » Angola
 » Brasil

 » Cabo Verde
 » Guiné-Bissau
 » Moçambique
 » Portugal
 » S. Tomé e Príncipe
 » Timor Leste
 » Comunidades
 » CPLP
 
Informação Empresarial
Anuncie no Notícias Lusófonas e divulgue a sua Empresa em toda a Comunidade Lusófona
 Canais


 » Manchete
 » Opinião
 » Entrevistas
 » Cultura
 » Comunicados
 » Coluna do Leitor
 » Bocas Lusófonas
 » Lusófias
 » Alto Hama

 » Ser Europeu

Siga-nos no
Siga o Notícias Lusófonas no Twitter
Receba as nossas Notícias


Quer colocar as Notícias Lusófonas no seu site?
Click Aqui
Add to Google
 Serviços

 » Classificados
 » Meteorologia
 » Postais Virtuais
 » Correio

 » Índice de Negócios
 
Venha tomar um cafezinho connoscoConversas
no
Café Luso
 
  CPLP
CPLP pede ajuda para ultrapassar «momento difícil»
- 6-Nov-2003 - 14:14

A comunidade de países de língua portuguesa (CPLP) vai "tudo fazer" junto da comunidade internacional para a convencer a ajudar a Guiné-Bissau a ultrapassar o grave momento em que se encontra, garantiu hoje fonte da Organização.


Em declarações à imprensa, no final de um encontro de cerca de 45 minutos com o presidente da Guiné-Bissau, Henrique Rosa, o secretário executivo da CPLP, João Augusto de Medicis, sublinhou que vai usar os "bons ofícios" junto dos doadores para que ajudem aquele país "neste momento difícil".

João Augusto Medicis adiantou que, nesse sentido, segue sexta- feira para Bissau o seu secretário executivo adjunto, Zeferino Martins, com o objectivo de analisar com as autoridades guineenses a forma como a CPLP pode ajudar e intervir no país.

"Vamos também tentar colaborar no processo eleitoral e ajudar em todas as etapas, de forma a que as eleições legislativas ainda sem data marcada possam decorrer no prazo previsto", isto é, até Março de 2004, tal como ficou definido na Carta Nacional de Transição (CNT) em Setembro último, acrescentou.

Segundo a CNT, as legislativas deverão realizar-se até Março de 2004, havendo já a sugestão da Comissão Nacional de Eleições (CNE) de que poderão concretizar-se em Janeiro, ideia aceite de imediato por vários dos 24 partidos políticos existentes no país.

João Augusto Medicis assinalou ainda que a prevista deslocação a Bissau do seu representante especial para a Guiné-Bissau, o Ministro dos Negócios Estrangeiros timorense, José Ramos Horta, poderá ocorrer em Dezembro, dado que o governante de Timor-Leste não pode visitar Bissau por "razões de saúde".

Por seu lado, Henrique Rosa, que chegou a Lisboa às últimas horas de quarta-feira, reiterou o apelo à solidariedade dos países da CPLP e à própria organização para que ajudem a Guiné-Bissau a ultrapassar "a grave crise em que se encontra".

"Esta foi uma visita de cortesia, que aproveitei para pedir a solidariedade da CPLP, organização que já tem ajudado bastante o meu país, para que esta peça à comunidade internacional ajuda para a Guiné- Bissau", disse.

O presidente guineense, que cumpre hoje a visita de trabalho de 24 horas a Portugal, será recebido pelo seu homólogo português, Jorge Sampaio, pelo primeiro-ministro, José Manuel Durão Barroso, dando depois às 18:30 uma conferência de imprensa na unidade hoteleira em que está instalado, em Lisboa.

À noite, no último acto oficial da sua deslocação de trabalho a Portugal, avistar-se-á com representantes da comunidade guineense residente em Portugal.


Marque este Artigo nos Marcadores Sociais Lusófonos




Ver Arquivo


 
   
 


 Ligações

 Jornais Comunidades
 
         
  Copyright © 2009 Notícias Lusófonas - A Lusofonia aqui em primeira mão | Sobre Nós | Anunciar | Contacte-nos

 edição Portugal em Linha - o portal da Comunidade Lusófona Criação de Sites e SEO Algarve por NOVAimagem